domingo, 17 de abril de 2011

Sobre a dor.

A dor não quer dizer nada. Ela só está ali pra te fazer sentir. Seja esse sentimento qual for. A casa lotada é reconfortante, te segura, te faz enxergar que tu não estás sozinho, que amigos, vizinhos, familiares existem. Mas a dor fica. Ela perdura. E o coração sangra, dói. E tu entenderes nada, entras em estado de confusão. Uma confusão quase infinita. A finitude dessa vida está no infinito das dores. Ou, na aparência infinita que ela  têm. Mas tranquilize-se caro, a dor sentida, vivida, é mais que aprendizado. É cicatriz. Cicatrizes que te levarão ao mais alto patamar de conhecimento sobre ti mesmo. E quando tu compreenderes a cicatriz, é  fechado mais um ciclo da tua vida. A vida que é redonda. É cíclica. Tão cíclica que dor e felicidade por vezes se esbarram. É este o mistério.

Andressa Virgínia 

4 comentários:

  1. OI, muito interessante seu blog, to passando aki pq vi q vc é seguidor do blog do meu amigo, Mailson, e por isso quero convidar vc para dá uma olhada no meu blog http://otaviomsilva.blogspot.com/
    desde Já agradeço, Forte abraço

    PS: Sigo de volta

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela visita! *-* É sempre bom fazer novos amigos! Com certeza te seguirei sim! Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Minha nossa! Não estou supreso pelos textos, mas estou supreso no quanto me vi...Algo dentro de mim "quebrou"...^^

    ResponderExcluir
  4. Obrigada querido! É sempre uma alegria te ver por aqui!

    ResponderExcluir